Canadá travel

Victoria – British Columbia em 3 dias de verão

Victoria foi recentemente considerada a cidade mais cara para se viver em British Colúmbia, e é bem fácil de entender o porquê! A cidade é a capital da província, rodeada por água e paisagens lindas. Uma cidade grande, com o charme e beleza de qualquer cidade pequena. Flores por todo o centro, cafés, restaurantes e diversas opções de turismo.

Esse final de semana em Victoria, seguido por dois dias em Squamish, foram os meus primeiros dias de férias desde que cheguei no Canda. O objetivo foi aproveitar o máximo possível do sol, dos lugares incríveis aqui da região e do fato de que estou aqui. Engraçado que com a rotina, às vezes a gente até esquece o quanto se esforçou para estar morando em outro país.

Sem mais delongas, vem comigo descobrir os detalhes dessa viagem!

Ferry saindo de Vancouver (Tsawwassen) até Victoria (Swartz Bay)

Lado de fora do Ferry saindo de Great Vancouver a caminho da Island

Foi a minha primeira vez andando de balça, o máximo que eu já tinha feito na água era pegar o sea bus para ir a North Vancouver. Eu simplesmente amei a experiência! Chegamos antes do horário dos tickets e deixaram pegar um barco antes tanto na ida quanto na volta, com a maior tranquilidade.

É super espaçoso, você consegue passear e olhar a paisagem do lado de fora ou ficar no quentinho do lado de dentro. Tem uma praça de alimentação, máquinas de snacks e algumas lojinhas para olhar durante a viagem.

Locomoção pela cidade

DayPass para usar o transporte público na capital de BC

Um carro ainda é um plano bem futuro para mim aqui no Canada. Então amo quando é tranquilo ir de uma ponta a outra com transporte público ou pelo menos Evo (aplicativo para alugar carro por hora). Em Victoria é possível fazer os dois!

O que fiz foi comprar um passe diário dentro do ônibus mesmo. Custava 5 dólares e podia pegar quantos ônibus fossem precisos durante o dia inteiro. O único cuidado que precisei ter, é estar sempre com o dinheiro trocado, pois, eles não dão troco.

Atividades no primeiro dia

A viagem de Ferry por si só já foi um baita passeio, eu amei! Mas, além disso o day one em Victória teve ainda mais aventuras para contar história. Listando resumidamente, foi o seguinte:

  • Butchart Gardens
  • Chinatown
  • Almoço no mercado público
  • Check in no hotel
  • Tour de Whale Watching
  • Passeio a noite pela cidade
  • Jantar no Fat Burguer

Apesar de nos tickets falar Victória, ainda tinha um longo caminho do porto até a cidade propriamente dita. Então ao invés de irmos direto ao centro da cidade, paramos nos jardins. Tinha para vender os ingressos lá mesmo e todo o atendimento foi excelente. O lugar é lindo demais! Super bem cuidado e grande, se não me engano levamos umas 2 ou 3 horas para olhar tudo. Já faz um tempinho então não tenho certeza.

Saindo de lá, pegamos um ônibus para o centro da cidade, passeamos por Chinatown e almoçamos em um restaurante italiano no mercado público. Super recomendo o restaurante, a comida estava maravilhosa e foi super barato.

Depois disso, fizemos o check-in no hotel e descansamos um pouco. Largamos as mochilas pesadas e fomos para a próxima aventura: Whale Watching.

Gente, eu achei que seria o fim ali – juro! Quando chegamos para fazer a tour, não era um barco. Parecia mais um bote salva-vidas com motor. Baixíssimo e sem muita proteção. Aí ainda mandaram colocarmos uns macacões enormes e pesados devido ao frio em alto mar. Alto mar com o barquinho de brinquedo…

Conforme navegamos para longe da costa, mais o barco batia sem parar nas ondas, era como passar rápido por quebra-molas em alta velocidade. Como sou amante das montanhas-russas, me diverti horrores, mas teve gente passando mal e muita água salgada no cabelo e rosto.

No final acabou sendo o passeio mais marcante de todos. Foi incrível estar longe de tudo, admirar a imensidão e ainda ver as baleias nadando por perto, livres no mar. Hoje lembrando, eu não teria feito esse passeio de outra forma.

Segundo dia de passeios em Victoria

Tour pelas wineries de Victoria
  • Café da manhã no centro de Victoria
  • Wine tour
  • Passeio pela cidade e jantar

O segundo dia foi o mais tranquilo (para se recuperar do primeiro haha). Acordamos, passeamos ao redor do hotel, pegamos um ônibus para downtown e tomamos café em um restaurante pequeno na área.

Alimentados, encontramos a nossa tour que nos levou para 3 vinícolas da região para provar vinhos, conhecer mais sobre as produções e almoçar. Achei legal que deu para interagir com várias pessoas diferentes e ocupou bastante o dia sem exigir esforço.

Último dia na ilha

  • Café da manhã no Bard & Banker
  • Tour gratuita pela Legislative Assembly of British Columbia
  • Visita ao Royal BC Museum
  • Water taxi (barquinhos amarelos até ) Fisherman’s Wharf Park
  • Ogden Point Sundial
  • Beacon Hill Park

O terceiro dia foi sem dúvida o mais exaustivo fisicamente, por nossa causa mesmo. Em muitas partes poderíamos ter pego ônibus de um ponto ao outro, só que com a nossa vontade de conhecer o máximo possível, fomos caminhando mesmo. Somando tudo foram quase 5 horas caminhando pra lá e pra cá.

Todos os passeios foram bem legais e chegamos até a ver pavões soltos no Beacon Park.

Hospedagem

Foto pelas ruas de Chinatown

Para esse passeio, fiquei hospedada por duas noites no hotel Days Inn by Wyndham Victoria Uptown. E, sendo bem sincera, não gostei da experiência. Achei o custo um pouco alto para algo mais distante do downtown e pontos turísticos, então esperava um atendimento e estrutura bem melhor do que tinha disponível.

O quarto era ok, até o momento que percebemos que tinha uma porta que dava em outro quarto (??). Na primeira noite foi tranquilo, mas na segunda tinham hóspedes lá que passaram a noite fazendo barulho, tossindo, derrubando coisas e dava para ouvir tudo. Além do desconforto, me senti bem insegura com a situação, mesmo com a porta trancada a todos os momentos.

O lado bom é que ficava bem na frente de uma parada de ônibus, então não tivemos dificuldade de locomoção nenhum dos dias.

Opinião geral sobre o destino

Fotinho com o Emblema de British Columbia

Foram dias de verão incríveis na cidade e como de costume, eu acredito que não mudaria nada. Okay, talvez outro hotel, mas não foi ruim a ponto de atrapalhar a viagem não. Eu acredito que seja uma viagem muito legal de fazer por três ou quatro dias, com várias atividades diferentes. Depois desse tempo, é mais uma vibe de praia, sentar e relaxar. Cheguei a sonhar em me aposentar por lá – até descobrir que Victoria é ainda mais caro de morar que Vancouver, so no thanks haha.

Gostou do conteúdo? Aqui estão alguns outros destinos que você pode se interessar também:

Se quiser me acompanhar ainda mais nessa jornada no Canada, ocasionalmente apareço por no meu Instagram ou Canal do YouTube.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: