Sobre

Oi flor, como vai?

Se você está aqui já sei que você é uma pessoa extremamente corajosa, afinal não é fácil sair da zona de conforto. E é isso que você está fazendo aqui, lendo mais sobre uma experiência que pode dar um giro de 360 graus em sua vida.

Você está pronta? Ainda não? Fica tranquila que a gente vai se ajudando por aqui…

Esse blog veio para ser um ambiente de informação, trocas e acolhimento.

É um espaço de apoio para todas as meninas (ou meninos) que estão em busca desse sonho.

Além disso o programa não é fácil e as dicas certas podem melhorar muito a sua experiência.

Seja bem vinda e sinta-se realmente em casa!

Quem faz parte do Hey, Au Pair?

Atualmente somos três meninas: Carol, Hangelica e Steph. Todas nós já estamos vivendo nos Estados Unidos, em cidades diferentes e com experiências diferentes.

Deixa eu te contar mais de pertinho…

Carol D’Elly

Bom, eu sou a criadora do Hey, Au Pair! Fiz magistério, estudo marketing e tenho uma paixão enorme por escrever e ajudar. Principalmente dando informações práticas e objetivas (facilitando muito as pesquisas de vocês haha).

Eu descobri o programa de au pair em 2018, com quase zero de inglês, sem dinheiro e sem carteira de motorista. Resumindo: A única coisa que eu tinha eram as horas com crianças.

Então todo o meu processo ficou mais ou menos assim:

  • Fechei com a IE intercâmbios – Au Pair Care em dezembro de 2018;
  • Fiz o meu passaporte em fevereiro de 2019;
  • Finalmente passei na carteira de motorista em abril de 2019;
  • Fiquei online com a Au Pair Care em maio de 2019;
  • Não tive famílias no meu perfil;
  • Fiquei online com a Cultural Care e tive o meu match em julho de 2019;
  • Fiz o meu visto (com muita confusão no meio) em agosto de 2019;
  • Embarquei para os Estados Unidos em setembro de 2019;
  • Consegui o meu reembolso em novembro de 2019;
  • Estou aqui com a mesma Host family desde e então e muitas novas experiências!

Hangelica

Eu, sou a Hangelica. Uma carioca decidida a experimentar coisas novas e tentar aguentar o real frio que não sabemos o que é enquanto estamos no Brasil. O Au Pair foi um achado, uma oportunidade incrível de fazer o que eu sempre quis, intercâmbio.

Viver com pessoas diferentes, conhecer lugares diferentes, se tornar mais independente ainda e o principal, realmente ficar fluente no inglês, uma língua que sempre foi muito admirada por mim. Durante o processo me tornei colunista desse blog maravilhoso e comecei um canal no Youtube para ajudar outras meninas e guardar reais memórias sobre toda essa história.

Eu já cheguei nos Estados Unidos passando por reais perrengues, dentre eles, rematch! Mas agora estou numa família incrível e sabendo aproveitar cada segundo desse tempo, sabendo assim que nada é o fim.. mas todo dia, um recomeço.

Stephanie

Oi, eu sou a Stephanie, mas você pode me chamar de Steph. Sou paulista muito ligada em horóscopo (eu sou ariana e você?) e com muita vontade de conhecer o mundo.
Em 2018 decidi que seria Au Pair no segundo semestre do ano seguinte (2019).

Fui voluntária de uma creche durante minhas férias no trabalho e logo em seguida comecei aulas particulares de inglês com duas ex-Au Pairs que agora são professoras de inglês.
Fechei o intercâmbio com a Experimento (APIA) e todo o processo de provas (psicológica, ITEP e entrevista), montar o perfil e conversar com as famílias (tive 14 famílias e dois pedidos de match) durou exatamente 6 meses.

Embarquei em setembro de 2019 para morar em Redwood City, Califórnia. Cuido de dois meninos (Leo, 2 anos + Evan, 3 meses). Senti e sinto o famoso “feeling” pela minha família. Ainda não tenho DL; já comecei meus estudos; conheço 4 estados americanos e o Canadá.
Espero que com a minha experiência eu ajude outras meninas que querem ser Au Pair.